10 Dicas para Adaptar seu Lar ao Novo Normal Pós-Pandemia

Muita coisa mudou após a pandemia do Covid-19, fora e dentro de cada um de nós. A convivência em casa (que pode ter virado casa-escritório), no trabalho e na rua requer adequações. O convívio social e em família mudou, porque há novas conexões, mais contato entre algumas pessoas e menos com muitas outras, após o isolamento social. Engenheiros, arquitetos e designers de interiores já pensam nisso e projetam novos espaços para a construção das casas do futuro. 

Até as preferências entre os materiais de construção a serem utilizados nos novos formatos de lares e projetos dos imóveis poderão sofrer impacto e mudar. O conforto passa a ser ainda mais priorizado do que antes após a pandemia. Leia Qual o melhor tipo de piso para os ambientes da sua casa?

Mas, afinal, o que muda no morar após a Covid?

Após o momento pandêmico, passamos mesmo mais tempo em nossas casas e descobrimos novas necessidades. Reparamos em detalhes nunca reparados antes e isso se estende aos materiais de construção. 

Por exemplo, aquele piso de ardósia, complicado de limpar, passou a ser foco de discussão. Só um exemplo, entre tantos outros. Quando falamos de ficar em casa, logo pensamos no aconchego do lar e isto envolve isolamento térmico. Ou seja, uso de materiais de construção que isolam calor e frio e tornam os ambientes da casa da gente muito mais confortáveis.

Na primavera já sentimos a temperatura mais alta, então os ventiladores e ares-condicionados passam a ser grandes aliados, mas há fatores estruturais que afetam diretamente a sensação térmica das pessoas em suas casas. Calor ou frio em excesso é algo desagradável e ninguém quer, mesmo nos ambientes fechados. Não faz bem para s saúde. Por isso, profissionais da construção costumam levar em conta o uso de materiais e estruturas que garantam nas casas e prédios a promoção de um eficiente isolamento térmico. Ou seja, aquilo que dissipa o calor ou o frio. 

As soluções mais comuns são os materiais isolantes porosos ou fibrosos, com grande capacidade de imobilizar o ar, evitando o aumento de sua umidade. Entre os materiais sólidos mais usados são as lãs de poliéster e de rocha, fibra de vidro e o poliestireno expandido (EPS), o popular isopor. Veja  5 Dicas para controlar a temperatura da sua casa

Luz e conforto nas casas ficam evidentes durante o isolamento social

A luz natural e a ventilação passaram a ser fatores super importantes nas casas durante o isolamento social, assim como as grandes janelas e sacadas, para a vista do sol. Os cômodos precisam ser subaproveitados e os ambientes necessitam mesmo de mais conforto, já que todos ficam mais em casa e o home office está em alta.

Trata-se de algo histórico: momentos de crise mundial na saúde, como o que estamos vivendo, influenciam e transformam a  arquitetura residencial. No caso da peste bubônica, por exemplo, na Idade Média, as casas que eram verdadeiros becos passaram a ter o espaço público foi repensado, para obter melhor iluminação natural, promovendo mais saúde à população e seus moradores.

As mudanças que acontecem influenciam na maneira como vivemos no nosso lar e convivemos com as pessoas nestes espaços. A arquitetura e construção civil estão diretamente relacionados a estas mudanças.

Veja 10 principais fatores de mudanças na construção após pandemia e algumas dicas para adequar seu lar:

1. Acesso ao delivery nas casas:

Com o fechamento de muitos comércios, houve um dinamismo de entregas externas nas construções e condomínios. Com isso, provavelmente o acesso do entregador no futuro virá em um espaço “passa prato”, já comuns em alguns prédios. Se trata de uma logística de entrega externa que visa um menor contato e maior segurança.

2. Revestimentos com materiais de construção mais confortáveis:

Já se priorizava materiais de fácil manutenção, limpeza e que proporcionem conforto aos moradores da casa, ajustando-se à temperatura do ambiente para gerar maior equilíbrio e bem-estar. Isto vale para os pisos e revestimentos escolhidos para os cômodos e que influenciam muito no nível de conforto, fazendo a diferença na convivência do lar. As fibras naturais e a cerâmica possuem texturas que proporcionam conforto. Os revestimentos em áreas como banheiro e cozinha precisam ser de fácil limpeza. Refletir sobre a assepsia dos materiais no projeto residencial é pré-requisito. Em muitos casos, vale a pena a troca.

3. Horta e jardim dentro do lar:

O cuidado com a alimentação se transformou em um ponto crucial após a pandemia da Covid-19. Com a ideia de sair menos para a compra de produtos horti-fruti, as hortas em casa ganharam espaço, tanto em casas quanto em apartamentos. Ter a natureza por perto se fez mais necessário e isto vale também para as plantas. Os arquitetos e moradores passaram a pensar neste espaço em seus novos projetos ou em como transformá-lo de forma prática e rápida.

4. Um spa no banheiro de casa:

Se a tentativa tem sido descansar mais dentro de casa, no dia a dia, com menor acesso a hotéis e spas externos, o banheiro tem sido um dos refúgios das pessoas. Pensar nele como um spa pode fazer bem. Para isso, é possível investir em pisos e revestimentos mais escuros, para deixar a mente acalmar.

5. Homeoffice e a vida pessoal-trabalho num só ambiente:

Nossas casas se transformaram em casas-escritórios. Isso passou a exigir um local adequado na casa com privacidade e bom sinal de internet para quando há necessidade de reuniões e maior concentração.  Este é um quesito que já tem demandado projetos dos profissionais de design de interiores e arquitetos.

6. Espaço de higienização nas casas:

As questões sanitárias estão sendo revisadas nas casas com os novos hábitos de higiene pessoal e coletiva. Algumas pessoas já tratavam os espaços externo e interno das construções residenciais como ambientes distintos, retirando os sapatos antes de entrar em casa, lavando as mãos logo ao chegar da rua. A tendência é que surjam nas espaços pensados para essa transição do dentro e fora de casa. Os equipamentos de limpeza também devem ser mais eficientes, para facilitar as faxinas.

7. Ambientes projetados com mais personalização:

Os cômodos da casa devem ser cada vez mais projetados e decorados à partir das atividades dos seus moradores, afinal, onde todos dormem, trabalham e também se divertem em família ou com amigos mais próximos. Dessa forma, na casa pode haver um espaço para o trabalho no quarto, na sala e na varanda, junto com espaço para jogos ou música e uma cozinha maior para quando as pessoas cozinham mais. 

8. Divisões nos ambientes na casa da gente:

O uso de biombo, divisores, cortinas ou painéis dão mais privacidade para os ambientes da casa da gente e podem ser recursos a serem utilizados para dividi-los. Dicas dos profissionais da área! Especialmente no caso de não haver espaço e condições para grandes reformas no lar no momento.

9. Móveis e iluminação adequada em cada cômodo da casa:

Vale a pena investir em lousa, quadro branco ou cortiça para dar suporte às atividades do escritório, assim como repensar os móveis utilizados, com cadeiras e mesas mais ergonômicas. Uma iluminação adequada, que contemple as várias atividades para o mesmo ambiente também é fundamental no homeoffice e neste momento de isolamento social após pandemia. Talvez com novos spots e luminárias. Mal não faz e este “novo normal” poderá durar muito. Leia Como usar bem a iluminação na decoração?

10. Mais contato com o ar livre:

Para que o lar continue sendo um refúgio de proteção, descanso e lazer, é importante investir em uma varanda ou sacada com boa entrada luz natural. Agora, as pessoas estão muito mais sensíveis ao uso de cada canto da casa, pois passam mais tempo nela.  Os ambientes deve, portanto, ter mais iluminação natural e serem mais ventilados, o que é bom para a saúde, diminuindo o uso de ar-condicionado. Sempre que possível, vale a pena criar ambientes mais integrados com a área externa. É importante que haja espaço para relaxar, de preferência individualmente.

Quer mais ideias para adequar o espaço da sua casa ou escritório? Fale com a gente e Veja 10 truques para você pintar sua casa sozinho ou em família

Categorias

Ofertas da
Semana

Selecione a loja para Atendimento: