Importância da Pintura em Projetos de Construção

Além de resultar em um acabamento, o que já faz toda a diferença num projeto, escolher a cor e o tipo de tinta a ser utilizado na pintura da fachada residencial ou comercial, bem como seus espaços internos, é um momento bastante importante, visto que, reflete o anseio daquela determinada população. Também porque tem o poder de dar um norte e servir como a “cara do projeto”.

As cores e tipos de tintas interferem na escolha de tudo o que está por vir adiante em um projeto de construção civil, por isso, é fundamental que elas tenham relação com o objetivo da obra, atendendo bem aos requisitos praticidade, beleza, durabilidade, praticidade, funcionalidade, entre outros. 

 

Cores são responsáveis por gerar sensações nos ambientes

Escolher as cores das paredes é o primeiro passo de uma decoração, pois irá influenciar em todas as demais etapas do processo e do projeto.

Conforme a cor de tinta escolhida, o esforço visual pode tornar-se mais agradável e os espaços podem parecer mais amplos, luminosos, quentes, frescos, alegres e criativos.

Para os profissionais da decoração, como designers de interiores e arquitetos, a escolha da tinta que será usada num projeto residencial e comercial, do ponto de vista da sua durabilidade, textura, aspecto e cor, é um ponto muito importante.

A escolha das tintas deve atender todas as necessidades emocionais e funcionais, assim como os objetos, móveis e iluminação a ser escolhida para uma finalidade já determinada!

Para que haja um ambiente em que as pessoas possam trabalhar e produzir, mas também relaxar, já que é assim que se faz uso dos lares na atualidade.

 

Veja dois exemplos de cores que podem equilibrar e gerar sensação nos ambientes:

  • Cores para ambientes mais criativos e produtivos: como nos locais de trabalho, o indicado é colocar o uso de algumas cores fortes que estimulem a criatividade e a coragem, como o amarelo.

 

  • Cores para ambientes mais relaxantes: como no caso do quarto, que é um ambiente onde a gente precisa relaxar mais e descansar, é indicado usar o azul, para que a mente fique mais tranquila. 

 

Quais cores devo escolher, sem depois me arrepender?

Todos os anos, as cores mudam e ficam mais ou menos em alta, mas há sempre aquelas básicas, mais utilizadas e amadas por todos na hora de pintar um ambiente. 

As chamadas cores quentes, que são o vermelho, amarelo, laranja e tons próximos do rosa, são usados em uma ou mais parede na cozinha e corredores. Já as frias, que são o verde, os tons de azul, roxo e tons mais escuros, como azul marinho e marrom, costumam ser mais escolhidas para os quartos e salas.

No ano de 2021, os tons como salmão, pêssego, pérola, rosa claro, rosa terroso e rosa acinzentado foram muito utilizados. Aliás, o cinza está em alta, especialmente para projetos comerciais, há uma década.

As cores de casas quentes deixam o ambiente mais vivo, enérgico, enquanto as cores de casas frias deixam o clima mais aconchegante. Mas, a preferência, vai depender muito dos moradores da residência.

Agora, mais importante do que escolher a cor é saber escolher o tipo de tinta para usar na sua casa, apartamento ou escritório. 

 

Entenda a diferença entre os tipos de tinta e acerte na hora da escolha

Na hora de construir, reformar ou decorar a casa ou escritório, fica difícil não se empolgar com as possibilidades de revestimentos e os muitos tipos de tinta existentes no mercado. Toda essa variedade permite infinitas combinações, e por isso a escolha pode ser complexa, mas vale a pena explorar e sempre contar com a ajuda de um especialista.

Há diferenças importantes nos tipos de tinta e indicações específicas. Saber utilizá-las de forma adequada é o segredo para manter a sua casa e escritório conservados por um longo tempo.

Existem as tintas feitas com cal, as magnetizadas e as massas para textura. Porém, resolvemos listar aqui os 3 tipos principais de tintas e suas aplicações:

  • Látex PVA

Fabricada geralmente à base de água, tem como principal indicação o uso para paredes internas, especialmente no teto e em áreas secas, já que não exigem manutenção constante. O acabamento permitido é  fosco e as principais vantagens são a secagem rápida e pouco cheiro após seu uso. Como desvantagem, vale destacar a pouca resistência ao sol e água, por isso não devendo ser usado próximo às áreas molhadas. A limpeza não deve ser feita por meio de lavagem. 

  • Esmalte sintético

Produto que existe na versão fosca, brilhante e acetinada, sendo muito indicado para materiais como ferro e madeira. Sua aplicação forma uma espécie de película sobre a superfície, deixando um efeito bastante bonito. Há a desvantagem do odor forte, causado pela presença de solvente e secagem mais demorada, apesar de já existir, no mercado, alguns esmaltes sintéticos à base de água, com odor menos intenso e secagem rápida. Devido à formação da película, este tipo de tinta não é recomendada para paredes, porque pode apresentar descascamento com o tempo. 

  • Tinta acrílica

A tinta acrílica possui resinas acrílicas, portanto, o resultado de seu uso, bastante diferente do látex, é ser um produto impermeável, ideal para pinturas externas e utilização em áreas internas molhadas, como cozinhas e lavabos. Como vantagem destacamos a secagem rápida, a solubilidade em água, durabilidade e impermeabilidade, já que pode ser lavada sem comprometer sua aparência.

As tintas acrílicas podem ser produzidas por três tipos de acabamento: fosco, semibrilho ou acetinado. Apesar do fosco não ser tão resistente à lavagem e apresentar um resultado mais grosseiro que as demais, é o tipo que menos ressalta as imperfeições da parede. 

Dica final: é preciso harmonizar a tinta escolhida para pintura com os demais elementos do ambiente, portanto, ao escolher a melhor tinta para o seu ambiente, considere principalmente algumas características do ambiente. São elas: tamanho, iluminação e também o tipo de revestimento. 

A combinação e a harmonia entre eles é essencial para a estética e conforto do local, afinal, locais maiores requerem contraste entre esses elementos.

Tome cuidado na hora de optar por um mix de texturas, para que o efeito visual não se torne cansativo e pesado com o tempo. Uma boa ideia é apostar em pisos lisos e textura nas paredes. Ao escolher uma paleta de cores, certifique-se de que uma delas é neutra. Assim você evita que o ambiente fique pesado ou cansativo.


Esperamos que você tenha gostado das nossas dicas. Se precisar de mais ajuda, entre em contato conosco, há sempre um especialista no assunto para te ajudar! https://www.santaodila.com.br/contatos

Categorias

Ofertas da
Semana

Selecione a loja para Atendimento: